quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Se me esqueceres, só uma coisa, esquece-me bem devagarinho.
(Mário Quintana)

Nenhum comentário:

Postar um comentário